Como evitar doenças durante a gravidez?

Como prevenir doenças na gestação?

A melhor maneira de prevenção é através do pré-natal precoce, que oferece assistência adequada à gestante. Assim, é possível detectar e tratar a tempo qualquer alteração ou infecção que o corpo apresente.

Quais doenças são perigosas na gravidez?

12 doenças perigosas para a gravidez

  1. INFECÇÃO URINÁRIA. Desconforto, dor e ardência ao fazer xixi: se você é mulher e nunca teve, a chance de que isso aconteça em algum momento é grande. …
  2. DOENÇA PERIODONTAL. …
  3. VAGINOSE BACTERIANA. …
  4. RUBÉOLA. …
  5. TOXOPLASMOSE. …
  6. CITOMEGALOVÍRUS. …
  7. HEPATITE B. …
  8. AIDS.

O quê gestante pode e não pode fazer?

As mulheres grávidas devem evitar carne crua e mal cozida. As mulheres grávidas devem lavar legumes e frutas antes de comê-los. As mulheres grávidas devem evitar laticínios não pasteurizados.

O que fazer para evitar malformação do feto?

Muitas anomalias congênitas podem ser prevenidas ou tratadas. A suplementação com ácido fólico na pré-gravidez, o consumo de iodo durante a gestação, a vacinação contra a rubéola (que pode ser transmitida aos filhos durante a gestação) e assistência pré-natal adequada são algumas formas de prevenção.

Como evitar hipertensão gestacional?

A melhor forma de prevenir a hipertensão gestacional é manter uma vida saudável. Mas, para que isso ocorra, é preciso dedicação e comprometimento com a realização de exercícios físicos e uma boa alimentação a base de frutas, legumes, proteínas.

INTERESSANTE:  Como contar os meses de gestação?

O que causa a toxoplasmose na gravidez?

Toxoplasmose na gravidez: quais são os riscos para o bebê? A toxoplasmose é uma infecção muito comum, mas a manifestação de sintomas da doença é rara. No entanto, gestantes que apresentam a doença podem transmiti-la para o feto, o que pode levar ao aborto, danos neurológicos, deficiência mental e convulsões.

Em qual semana da gravidez é mais perigoso?

O período mais delicado da gestação corresponde da primeira à 12º semana de gestação, justamente o primeiro trimestre sobre o qual falamos neste artigo. Isso porque é nessa fase que ocorre a formação dos órgãos do feto. Ou seja, é quando há maior risco de ocorrerem doenças ligadas a alterações genéticas.

Quando a gravidez é de alto risco?

Gestação de alto risco é “aquela na qual a vida ou a saúde da mãe e/ou do feto e/ou do recém-nascido têm maiores chances de serem atingidas que as da média da população considerada”(1).

Quando a gravidez fica doente o bebê também fica?

Os especialistas acham que pode ser possível para um bebê contrair a infecção ainda no útero. Mas isso parece ser muito incomum. E quando isso acontece, a maioria dos bebês não fica muito doente. Também é possível transmitir o vírus para o bebê durante o parto ou após o nascimento do bebê.

O quê gestante pode fazer?

Ótimos exemplos de exercícios para praticar na gravidez são:

  1. Caminhada. Ideal para mulheres que eram sedentárias antes de engravidar. …
  2. Corrida leve. Indicada para quem já praticava exercícios antes de engravidar. …
  3. Pilates. …
  4. Hidroginástica. …
  5. Bicicleta ergométrica. …
  6. Alongamentos. …
  7. Musculação leve.

Porque gestante não pode se abaixar?

O esforço físico extenuante pode ocasionar aumento da temperatura corpórea e com isso aumenta o risco de danos ao bebê.

INTERESSANTE:  Quem tem pólipos pode engravidar?

O que causa má formação fetal?

Malformação fetal é o nome que se dá a alterações que podem ocorrer no bebê ainda durante a gravidez. Mais especificamente, refere- se a defeitos em um órgão, parte de um órgão ou de uma região maior. As causas das malformações são muitas, variando desde fatores genéticos a ambientais, físicos e químicos .

Qual exame detecta má formação no feto?

A Ecografia Morfológica ou Ultrassonografia Morfológica, possibilita a análise da morfologia fetal. Quando é realizada no primeiro trimestre, permite, por exemplo, a medida da translucência nucal, principal indicador de alterações cromossômicas, entre elas, a Síndrome de Down.

Quais medicamentos causam malformação no feto?

Exemplos: Apirina ( Ácido Acetilsalicílico); Amitriptilina; Espironolactona, Azatioprina, Estreptomicina, Primidona, Benzodiazepinas, Fenitoína, Bleomicina, Fenobarbital, Propiltiouracil, Ciclofosfamida, Cisplatino, Hidroclorotiazida, Citarabina, Imipramina, Clobazam, Clorambucil, Valproato, Clorazepato, Cortisona, …