Em qual das seguintes condições maternas o aleitamento materno não deve ser Contra indicado em nenhum momento?

Em quais casos é contra indicado o aleitamento materno?

Situações especiais e contraindicações no aleitamento materno

  • Hepatite B. …
  • Tuberculose bacilífera. …
  • Varicela (Catapora) …
  • Psicose puerperal. …
  • Medicações.

São poucas as situações em que pode haver indicação médica para substituição do leite materno assinale a opção que apresenta uma contraindicação ao aleitamento materno?

São poucas as situações em que pode haver indicação médica para substituição do leite materno. Assinale a opção que apresenta uma contraindicação ao aleitamento materno. Mães infectadas com o vírus da dengue. Consumo de cigarros.

Quais os principais benefícios do aleitamento materno e quando ele deve ser Contra-indicado?

O aleitamento materno reduz os casos de diarreia, infecções respiratórias, alergias, diabetes, hipertensão, colesterol alto e obesidade. A amamentação promove um melhor desenvolvimento da cavidade bucal do bebê. Estudos demonstram que crianças que foram amamentadas apresentam melhor desenvolvimento cognitivo.

INTERESSANTE:  Questão: Qual a carência do MEI para Auxílio Maternidade?

Qual das seguintes situações é considerada de risco e vulnerabilidade a saúde do Recém-nascido?

Qual das seguintes situações é considerada de risco e vulnerabilidade à saúde do recém-nascido? Peso ao nascer entre 2.500 a 3.500g. Idade gestacional entre 37 e 39 semanas. Apgar de 8 no 5º minuto.

Quais as doenças que a mãe não pode amamentar?

Afinal, quais são as doenças que impedem a amamentação? No Brasil, de acordo com a recomendação feita pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), somente as mães portadoras de HIV, o vírus da imunodeficiência humana, e HTLV, o vírus T-linfotrópico humano, não devem amamentar seus bebês.

Quais os problemas que podem ser desenvolvidos no aleitamento materno?

Os fatores identificados que influenciam o aleitamento materno foram: idade materna, sendo menos prevalente nas mães mais jovens, influenciado pelo menor poder aquisitivo e por serem solteiras; situação socioeconômica, em que as mulheres com baixa renda apresenta três vezes mais risco de desmame precoce; escolaridade, …

Quais as Contra-indicações para amamentação Scielo?

Algumas doenças não-infecciosas podem impedir o aleitamento materno temporária ou definitivamente devido à condições físicas da mãe, tais como doenças cardíacas, renais e hepáticas graves, psicose e depressão pós-parto grave10.

Quem tem tuberculose pode amamentar?

Para pacientes com tuberculose, não há restrição quanto à amamentação se a mãe for tratada por duas ou mais semanas antes do nascimento do bebê e se a criança receber a vacina BCG logo após nascer.

Quais as vantagens do aleitamento materno exclusivo para a mãe e para o bebê pelo menos 4 vantagens para cada?

O leite materno é o alimento mais completo que um bebê pode receber desde o seu nascimento.

Para a mãe:

  • Diminui o sangramento no pós-parto.
  • Acelera a perda de peso.
  • Reduz a incidência de câncer de mama, ovário e endométrio.
  • Evita a osteoporose.
  • Protege contra doenças cardiovasculares, como o infarto.
INTERESSANTE:  Quanto tempo depois do parto pode tomar cerveja?

Qual é a importância da amamentação para o bebê e para a mãe?

Além de fortalecer o vínculo entre a mãe e o bebê, a amamentação diminui os riscos de a mulher desenvolver anemia, osteoporose, doenças cardíacas, câncer de mama e de ovário, depressão e hemorragia pós-parto, além ser um ato prazeroso e que aumenta a autoestima.

Qual é a importância do aleitamento materno?

O aleitamento materno protege bebês e crianças pequenas de doenças perigosas. O leite materno é a primeira ‘vacina’ do bebê. A amamentação também é responsável por criar um laço maior entre mãe e filho. A utilização de mamadeiras pode levar a doenças e à morte.

Quem são os Recém-nascidos considerados de risco?

O Ministério da Saúde considera que crianças de risco apresentam pelo menos um destes critérios: baixo peso ao nascer (<2500g); menos de 37 semanas de idade gestacional (IG), asfixia grave (Apgar < 7 no quinto minuto de vida); internamento ou intercorrência na maternidade; mãe adolescente (< 18 anos), mãe com baixa …

Quais os parâmetros para avaliação das situações de vulnerabilidade a saúde do Recém-nascido?

Entre os parâmetros para a avaliação das situações de vulnerabilidade à saúde do recém-nascido estão incluídos os seguintes: residência da criança em área de risco; baixo peso ao nascer — inferior a 1.500 g —; prematuridade — menos de trinta e oito semanas gestacionais —; asfixia grave ou índice de Apgar menor que sete …

Quais os tipos de riscos para o RN?

Tipos de incidentes mais frequentes:

  • Falhas no uso de medicamentos.
  • Infecção associada aos cuidados de saúde.
  • Lesão cutânea.
  • Ventilação mecânica.
  • Cateteres intravasculares.