psicologia

Opinião do Especialista, Parentalidade, psicologia

[psicologia] Os Valores em Parentalidade Consciente

Já aqui no se abordou o tema da parentalidade consciente – que podem ler ou reler aqui. Nele, mencionou-se que “A prática de uma parentalidade consciente, necessita de ser sustentada em valores sólidos.” Tal como uma casa se sustenta em pilares, também a parentalidade consciente se sustenta em valores basilares, que sustentam toda a nossa actuação como pais e educadores.

O texto de hoje, retoma o tema da parentalidade consciente, identificando a importância dos valores. continuar a ler

Opinião do Especialista, psicologia

[psicologia] Presença consciente: o aqui e agora

Vivemos tempos intensos. Acumulamos papéis, responsabilidades sociais e somos constantemente sobre estimulados sensorialmente.

Num momento de pausa e intuspecção, percebi que o nosso cérebro vive e revive em dois campos: no passado e no futuro.

Revivemos (ou remoemos) memórias e vivências passadas, chegando mesmo a fazer guiões alternativos. Podíamos ter reagido desta ou daquela forma; se aquela pessoa não tivesse feito isto ou aquilo, tudo teria sido diferente… e reformulamos histórias intensas ao sabor da nossa mente.

E para garantir que certas coisas não voltem a acontecer, ou garantir que aconteçam, cogitamos o que será o futuro, fazendo novos guiões do que será a nossa atitude numa situação idêntica; ou qual será o nosso caminho daqui para a frente; ou como garantir a nossa sobrevivência e subsistência, entre tantos outros processos mentais.

continuar a ler

bloga8, Opinião do Especialista, psicologia

[psicologia] Crianças sobredotadas: orientações para pais e professores

Recentemente, publicamos um texto sobre o que é a sobredotação, o que a distingue, e quais os potenciais riscos psicológicos e fisiológicos associados.

No texto de hoje, procuramos descrever quais as principais características das crianças sobredotadas, as suas potenciais forças e fraquezas e listamos algumas dicas para pais, para professores e para educadores no geral.

continuar a ler

bloga8, Opinião do Especialista, psicologia

[psicologia] Claro como água

Lembro-me de, nas aulas de ciências, me dizerem que a água trouxe a vida ao planeta terra, quando há cerca de 3800 milhões de anos, nela surgiam os primeiros seres vivos (unicelulares) e destes se deu a evolução dos restantes organismos.

Não tem sido incomum ouvir, de vários profissionais, que a água tem intenso poder. Mas quando li que a água reagia à energia e dela influíam diferentes reacções, fiquei intrigada. continuar a ler

bloga8, Opinião do Especialista, psicologia

[psicologia] O que é a Sobredotação e o que a distingue

Certamente já todos ouvimos a palavra “sobredotado”, mas faltarão palavras para explicar no que verdadeiramente consiste a sobredotação. E se o primeiro conceito que vos surge é o Q.I. (quociente de inteligência), saibam que esse factor não é, por si, suficiente para determinar a sobredotação.

Hoje, convido-vos a saberem um pouco mais sobre este tema. continuar a ler

bloga8, Parentalidade, psicologia

[psicologia] Os pais sabem melhor!

Hoje, conto-vos uma história.

Na realidade, é mais um pedacinho de histórias de vida de dois casais, pais de crianças com particularidades.

Para começar, deixem que vos diga: todas as crianças têm as suas particularidades! Apenas umas sobressaem mais do que as outras. Apenas umas se integram na sociedade com maior ou menor facilidade. Algumas podem precisar de apoio adicional e quanto mais precoce for a intervenção, mais saudável e facilitado se torna o crescimento e o desenvolvimento da criança. E o crescimento e o desenvolvimento dos seus pais (como pais!), também. continuar a ler

bloga8, Parentalidade, psicologia

[psicologia] Parentalidade Consciente

Quando se fala ou pesquisa sobre parentalidade, surgem inúmeros resultados sobre estilos parentais, sendo os mais comuns o permissivo, o democrático e o autoritário – podem variar as nomenclaturas, mas a caracterização costuma ser dentro desta trilogia.

Não obstante, se observarmos, na prática, o dia-a-dia dos pais, eles certamente reconhecerão que não têm um estilo definido e oscilam no seu estilo parental consoante as situações, contextos e emoções. Porquê? Porque a parentalidade é uma função que não requer experiência prévia na área, nem habilitações académicas que certifiquem os pais a saber sê-lo, de acordo com um determinado molde pré-definido de “pais perfeitos – filhos perfeitos”.

continuar a ler

bloga8, Parentalidade, psicologia, Regresso às aulas

[psicologia] Os nossos filhos frequentam uma Escola SaudavelMente?

Será que os nossos filhos frequentam uma escola, saudavelmente? Terá a escola dos nossos filhos condições para promover uma mente saudável?

As escolas a nível nacional enfrentam, com frequência, um conjunto crescente de sinais de alerta, que interferem directa e indirectamente, na saúde psicológica de todos os intervenientes, com particular enfoque nas crianças e jovens.

continuar a ler

bloga8, Parentalidade, psicologia

[psicologia] Seis segundos de abraço

Em tempos cruzei-me com um interessante artigo sobre o significado de abraçar - da saudação às implicações do toque. Um abraço pode ser algo incrivelmente intenso, tanto para quem dá, como para quem recebe. Mas para que surta efeito, é preciso que tanto emissor e receptor estejam no mesmo "comprimento de onda" (sintonizados!). Quantos de nós já não teve aquela…continuar a ler