EcoFamily

Bloga8, EcoFamily

O desafio mais avassalador a que fui – a limpeza da praia

No passado dia 22 juntei-me aos quatrocentos voluntários que aceitaram o desafio do SEA LIFE Porto. Esse desafio consistiu na limpeza de uma das praias da orla costeira do Porto.

Não sabia muito bem ao que ia, confesso. Mas o nervosismo miudinho passou logo quando à saída do autocarro fiz uns amigos. Na paragem do Castelo do Queijo – onde saí – já se vislumbrava umas dezenas de pessoas vestidas com coletes amarelos e comentei logo com o recém amigo que fiz, que até estava composto. Mal sabia que aquela era apenas uma pequena amostra do que iria encontrar minutos depois. continuar a ler

Bloga8, EcoFamily

As mais bonitas e as únicas escovas de dentes amigas do ambiente

Todos os produtos que usamos diariamente, mesmo aqueles que consideramos insignificantes podem ter um impacto assustador quando usamos em grande quantidade – como as escovas de dentes, por exemplo.

Na minha constante procura de diminuir o meu consumo de plásticos e de conseguir que a minha família seja mais amiga do ambiente, encontrei as Babu. continuar a ler

Bloga8, Bloga8 recomenda, EcoFamily, Moda

|uma gota de gel de banho para todo o duche|

Vou-vos contar um segredo: eu não sou muito de emprenhar pelos ouvidos e quando me começam a dizer maravilhas disto ou daquilo torno-me como o São Tomé – ver para crer.

Isso aconteceu com este novo Gel de Banho da Yves Rocher. Começaram a surgir uns mexericos que este frasquinho de Gel de Duche concentrado iria revolucionar o mercado pois era possível com apenas 100mL tomar cerca de 40 duches. Comecei logo a esboçar a minha b*tch face de tão incrédula que estava.

Decidi experimentar. continuar a ler

Bloga8, Crianças, EcoFamily

|vamos acabar com as picadas dos mosquitos?|

Quando vamos de férias para um local quente, há uma série de preocupações que saltam logo à vista: protetor solar, chapéus, roupa fresca e replente de insectos. É que estes pequeninos bichinhos adoram atacar os meus miúdos quando dormem.

O problema era que, como muitos de vocês já sabem, sou uma esquecida de primeira – conclusão – esquecia de aplicar o replente e os miúdos acabavam por ser mordidos na mesma.

continuar a ler

Bloga8, Bloga8 recomenda, EcoFamily

|ecoSummer – como ter um verão sustentável|

Como já devem ter reparado muitas vezes tento ter no meu dia-a-dia uma atitude respeitosa para com o ambiente. Cada vez mais tenho a noção que são as pequenas coisas que fazem mesmo a diferença. E numa época que se cometem tantos excessos, porque não poupar o ambiente? Podemos começar com as pequenas coisas como levar marmita para a praia e piscina mas também podemos alargar essa contribuição para um patamar superior.

Fatos de banho, óculos de sol e até a mala para a praia – tudo em modo verde. continuar a ler

Bloga8, Bloga8 recomenda, EcoFamily

|a importância da higiene das mãos e o melhor sabonete para as crianças|

Com o dia-a-dia esquecemo-nos de coisas básicas como lavar as mãos frequentemente. E é uma coisa tão, mas tão importante! Sabia que maior parte dos germes que entram no nosso organismo o fazem através das mãos? Lavar as mãos correctamente com água e sabão é a forma mais simples e eficaz de ajudar a reduzir a transmissão de germes, virus…continuar a ler
Bloga8, Crianças, EcoFamily, Opinião|Bea

|as cinco coisas que não prescindo| #4 – desfralde

O M começou (ou anda a começar) o desfralde. A insistência dele em abrir os velcros da fralda e até uma pequena irritação na pele fez-me levar este árduo processo avante. Não está a ser fácil, mas o início é sempre uma chatice. Para eles, e para nós. O desfralde do P foi um pouco demorado (3 semanas +/-, mas foi eficaz; nunca mais fez xixi nas cuecas!).

Antes de começar o processo, dizem os especialistas que as rotinas não devem ser muito alteradas, ou seja, se vai para algum lado de férias, aguarde pelo regresso a casa e normalize as rotinas. O mesmo se aplica se a criança tiver um irmão ou mudar de casa. Ou seja, tente que o desfralde seja um processo turbulento dentro da rotina e da normalidade da criança. Não fique ansioso nem ralhe por algum descuido. É normal errar quando não se sabe. E claro, encorajar sempre que fazem no sítio certo! “Boa, conseguiste!” ou “xau cócó!” resultaram cá por casa!

Não há receitas mágicas e não há problema em não conseguir. Se reparar que o seu filho não está preparado, volte à fralda permanente sem grandes alaridos.

Da experiência do primeiro filho tirei alguns essenciais que agora dão bastante jeito! Deixo-vos a minha experiência. continuar a ler