4 anos de miguel

Como é possível que já tenham passado 4 anos?

Ainda me lembro do teu nascimento, da aflição que provocamos ao teu pai, da tua serenidade quando te colocaram no meu colo.

Hoje,és um menino doce e traquina. Corajoso mas medroso com as alturas. Completamente desavergonhado mas tímido quando te falamos da Matilde. És cuidadoso com o teu irmão, mas quando estás zangado, ninguém te pode aturar.

És o melhor de dois mundos: o meu e o do teu pai.

És o irmão mais querido que existe. És o meu bebé mais fofinho e carinhoso.

És o meu mini me.

 

Um grande beijinho da tua mamã que te ama daqui até ao infinito e mais além.

Créditos fotográficos: João Camilo

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.