O desafio mais avassalador a que fui – a limpeza da praia

No passado dia 22 juntei-me aos quatrocentos voluntários que aceitaram o desafio do SEA LIFE Porto. Esse desafio consistiu na limpeza de uma das praias da orla costeira do Porto.

Não sabia muito bem ao que ia, confesso. Mas o nervosismo miudinho passou logo quando à saída do autocarro fiz uns amigos. Na paragem do Castelo do Queijo – onde saí – já se vislumbrava umas dezenas de pessoas vestidas com coletes amarelos e comentei logo com o recém amigo que fiz, que até estava composto. Mal sabia que aquela era apenas uma pequena amostra do que iria encontrar minutos depois.

Chegados à entrada do SEA LIFE Porto, procedemos ao check-in na iniciativa e deram-nos um kit que incluía um colete amarelo, umas luvas, um saco de plástico preto, uma garrafa de água, um pequeno miminho de merchandising (um porta-chaves catita) bem como claro, alguns panfletos e estudos sobre o tema.

Dividiram-nos por grupos (eu fiquei no grupo POLVO) e cada grupo tinha como objetivo a limpeza de uma porção da praia do Castelo do Queijo. A minha equipa ficou com a parte rochosa – que pensava que era a mais fácil, mas revelou-se a mais nojenta e complicada.

A receber o KIT 🙂

Não imaginam o companheirismo, a dedicação e a empatia que todos os voluntários demonstraram.

Honestamente, pensava que eram pessoas a mais para tão pouca extensão de praia. Mas revelou-se um trabalho árduo, trabalhoso mas recompensador. Um saco por pessoa não foi suficiente para todo aquele lixo que apanhamos.

Daquelas areias e rochas, tiramos de tudo o que possam imaginar: seringas, preservativos, latas, garrafas de água, um grelhador (yes!), chinelos, embalagens de takeaway, roupas, tecidos, plásticos de embalagens, e até um pneu (que diga-se de passagem – foram precisas 5 pessoas para o arrancar dentro das rochas).

o momento após a retirada do pneu – a nossa equipa orgulhosa pelo feito!

O prémio vai, sem dúvida, para as beatas de cigarro. Só eu apanhei 86. (sim, contei-as). Com este desafio senti que ainda há tanto, mas tanto a fazer pela consciencialização ambiental!

Apercebi-me também da importância de praticar e incutir nos outros ações responsáveis quando vamos à praia. Lembro-vos que mais de 90% do nosso território é mar e por isso temos de cuidar dos ecossistemas e animais que nele habitam.

Estejam atentos à página de Facebook do SEA Life que de certeza que irão surgir novas datas para o mesmo fim – é que mesmo sendo 400, deixamos tanto trabalho para fazer!

E por favor, quando estiverem na praia a descansar, a brincar ou a namorar, sejam igualmente amigos do ambiente.  É que todos nós gostamos de usufruir de uma praia limpa e cuidada (inclusivé os animais).

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.