6 dicas para um regresso às aulas sem complicações

Todos os anos, quando era criança e adolescente, era a histeria total com o Regresso às Aulas: queria comprar as canetas de gel com brilhantes, os cadernos de argolas com risquinhas fininhas… e as borrachas? Aquelas imaculadas borrachas branquinhas eram mesmo as meninas bonitas dos olhinhos da mamã.

Mas vou-vos contar um segredo: ainda hoje, quando chega esta altura, compro uma ou duas coisinhas para me agradar a alma. E, claro, com os miúdos a precisar destas coisas, é mais fácil esconder estes pequenos caprichos. 🙂

Depois de umas férias relaxantes com areia a entrar por todos os orifícios do corpo derivado das constantes construções marinhas dos miúdos, dos tímpanos desgastados pela quantidade de vezes que chamam “oh maaaaannhhheeeee!” e da garganta um tanto arranhada pelas interjeições “não faças isso”, “não batas no teu irmão” “sai da água!”. Chega o tempo de os despachar para a escola. Para não entrarem em stress pós férias, ficam aqui algumas dicas para este novo ano letivo.

1 – Organizar, Organizar, Organizar!

Para mim o verdadeiro ano não começa em Janeiro – tal como a minha agenda, o ano começa em Setembro – é o chamado AF e PF (antes de férias e pós férias). Neste tempo de PF, é essencial estabelecer novas boas rotinas (como o deitar cedo), preparar batas e uniformes (se for caso disso), anotar o calendário escolar dos miúdos para marcar férias no trabalho, encomendar/comprar os manuais e material escolar e, claro, planear a questão das refeições. É uma ótima fase para estabelecer um novo hábito pessoal ou familiar – nós cá em casa vamos implementar duas novas estratégias que irei partilhar convosco para a semana.

2 – Escolha da melhor mochila

A mochila é o material escolar mais importante para as crianças. Para além do design apelativo (claro), é importante que opte por um trolley ou por uma mochila de alças que tenha em atenção alguns aspetos como ser leve, ter alças largas, o reforço das costas ser acolchoado, e que tenha opção de ajustar as alças ao comprimento do seu filho. Mas atenção! – o peso da mochila não deve ultrapassar os 15% do peso do seu filho (com material lá dentro).  O Continente tem uma aplicação/jogo que permite através da selecção de algumas preferências, determinar qual será a mochila ideal para a sua criança, pode vê-la aqui.

3 – E que tal personalizar o material do seu filho?

É muito chato chegar a um casamento e ver uma lombriga vestida com o seu vestido, não é? Agora imagine o seu filho, com uma nova mochila, todo um arsenal de cadernos novinhos e ao lado está um puto ranhoso com as mesmas coisas? A sensação é mais ou menos a mesma… Para isso não acontecer, cá em casa optamos por personalizar as nossas coisas – seja com uma etiqueta personalizada divertida ou até com algo básico como autocolantes e washi tapes. Podem ver algumas ideias para personalizar o vosso material no meu Pinterest.

4 – Crie um plano matinal (para cumprir)

Ora bem, aquela cena de acordar às 7h50 para estar a sair de casa as 8h não costuma correr muito bem pois não? Sobretudo quando o mais novo faz xixi no elevador e o mais velho decide sujar a camisola 3 segundos antes de bater a porta de entrada. É urgente criar um plano matinal rigoroso, mas divertido.

Prepare a mochila de véspera – eu sei que adormecem com os miúdos de tão estafados que estão, mas preparem (com eles) as mochilas de véspera. Vão comprovar que eles não se vão esquecer de nada e que estarão muito menos stressados de manhã.

Acorde com 1h/1h30 de antecedência de sair de casa – Sim, 1h se não tiver bebés e 1h30 (no mínimo) se tiver bebés em casa. Prepare o pequeno-almoço para as crianças mais novas – as mais velhas (10 anos para cima) que se desenrasquem! Acorde as crianças (com carinho) e dê-lhe o pequeno almoço. Lavem os dentes e vistam-se para sair. Isto tudo em modo zen. Porque pelo meio haverá com toda a certeza, uns choros, uns gritos (das crianças).

Se for conduzir, conduza com prudência e com o Despacito a tocar. É certo que não haverá berros.

5 – Ofereça um pequeno almoço e lanches deliciosos (e saudáveis)

Outra das coisas que tem de desaparecer neste Regresso às Aulas é o pacote de leite achocolatado com a bolacha Maria a caminho da escola. Opte por tomarem o pequeno almoço sentados em família e que este espelhe a primeira e mais importante refeição diária. Tal como nos lanches, a fruta tem de estar presente. Na próxima semana também vou partilhar no nosso Instagram, as lancheiras dos miúdos (e a minha). Uma ideia bem gira é deixar um post-it colado na mesma, com uma frase bonita, ou um desenho (para os mais novos) – aqui em casa, costuma ir com um jogo ou uma operação matemática – que é o que o Pedrinho gosta!

6- Fotografe o primeiro dia de aulas do seu filho a cada ano!

Nem que seja cheio de baba e ranho. Fotografe. No final dos doze anos ou até em cada ciclo faça uma pequena montagem e mostre-lhes. Eles vão ficar super admirados com a sua evolução. Para os mais mais aventureiros, podem fotografar uma por dia durante o primeiro ano da escola, ou até uma por período escolar.

E como não há 6 sem 7, deixo aqui a minha contribuição para as escolhas mais cool de material escolar.

Para mais informações como o preço, podem clicar em cima de cada imagem.

Post escrito em parceria com o Continente

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.