|5 motivos para ir ver o La La Land|

Foi no sábado à noite que fomos ao cinema. Deixámos os meninos na avó e fomos desfrutar de um momento a dois. O Pedro não estava muito convencido com o filme – desta vez escolhido por mim. Eu adorei o filme!! Não imaginam a minha cara de satisfação ao vê-lo e era bem capaz de o ir rever – mas os bilhetes são caríssimos – e não dá para tudo! Fica aqui o meu TOP5 do que me agradou.

1. Ryan Gosling

Ia estar a mentir se isso não me saltou logo a vista. O Ryan é um ator extremamente charmoso e fiquei muito surpreendida com o seu “salero” neste filme. É sem dúvida uma das mais valias ao filme – bonito, charmoso e muito bem na sua personagem principal.

2. Coreografia

Eu sei que é um filme e que podem rodar 36520 mil vezes uma cena, mas a coreografia é deslumbrante. Não há um erro na dança e os passos são super alegres, fluídos e divertidos.

3. Música

Não é à toa que este filme é um musical, mas podia perfeitamente ser um musical pobre. Não é de todo. A música é animada e apetece logo vir a dançar para casa. [Sim, eu e o Pedro ainda fizemos umas figurinhas no caminho para casa (shame on me).] Merece todas as nomeações que tem no que toca à música.

4. Damien Chazelle

Uma ótima revelação este escritor/argumentista e realizador do filme. Apesar de ser um jovem nestas andanças. não ficou a desejar aos grandes. O filme tem uma grande fotografia e sobretudo dinâmica (o que é exigido a um musical de sucesso). La La Land – A melodia do amor vai ser o filme que o vai levar à ribalta. Let’s see….

5. Cor

Como disse em cima, o filme tem uma grande fotografia e dinâmica. Mas o que não foi esquecido neste projeto foi a cor. A combinação das roupas, logo na primeira cena; o sortido de cores nos vestidos na cena das companheiras de casa da Mia (Emma Stone) é deslumbrante. Tudo foi mesmo pensado ao pormenor. Cada milímetro de cena.

 

Espero que das tantas nomeações que teve receba alguns prémios. É um filme leve e descontraído mas com imensos pormenores e detalhes que fazem encher o coração, mesmo dos mais cépticos – como o do Pedro.

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.