[um livro à sexta] O meu primeiro pontuário ortográfico

Este, apesar de já estarmos na terceira semana do ano, é o primeiro livro de 2017. Este ano, só para ser diferente, o livro sairá à sexta-feira – considerem uma sugestão de leitura de fim-de-semana. E nada melhor do que começar um novo ciclo com uma sugestão prática sobretudo para os pais que têm crianças em idade escolar.
Todos os dias encontramos autênticas pérolas do Português ou, nalguns casos, até os considero atentados à nossa mui nobre língua.
Por acaso, ou talvez por patriotismo, acho que a nossa língua é das mais completas mas também das mais complexas e todos, mas mesmo todos, cometemos de vez em quando as nossas gafes.
Por isso, costumo quando estou a escrever ter sempre por perto um dicionário e uma gramática para me auxiliar nalguma dúvida que tenha.
Neste caso, recomendo esta semana este Primeiro Pontuário Ortográfico uma vez que é uma obra com imensas referências elucidativas para o 2º e 3º ciclo do Ensino Básico, principalmente.
Dos casos mais básicos como saber quando usar o “à”, o “há”, ou o “ah” até aos mais complexos como conjugar alguns verbos irregulares.
É recomendação de quase todos os professores de português ter um destes auxiliares de estudo em casa.

Este livro já se encontra no novo Acordo Ortográfico – que é como as nossas crianças e jovens têm de escrever na escola.

Autores: Mariana Bettencourt, Sérgio Guimarães de Sousa e José Manuel da Costa Esteves

Editora: LIDEL
Preço: aqui

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.