|vem aí o Natal!| #2 – Amigo Secreto

Neste post eu vou confessar os meus pecados: Hoje é quinta-feira e já estamos no período da tarde. Amanhã, as 19h00 tenho um jantar com troca de presentes de amigo secreto e ainda não comprei nada! Sou a típica portuguesa que deixa as coisas para a última, que apesar de já ter comprado todos os presentes de Natal, esqueci-me deste pequeno pormenor – os amigos secretos.

No meu grupo de amigos chegados, não trocamos presentes, fazemos uma pequena “vaquinha” para doar a uma instituição de caridade. Mas, ao amigo secreto das empresas, da Casa do Benfica ou do clube de tricô não podemos fugir.

Sempre achei (e continuo a achar) que o limite para este tipo de presentes deve ser de 10€. Por isso decidi fazer uma lista de presentes para possíveis amigos secretos. Claro que se à partida for feito um sorteio e se souber a quem irá dar o presente fica tudo mais fácil. Caso não saiba, é simples: basta comprar algo mais abrangente.

Normalmente eu sei previamente a quem dou os presentes e normalmente envio uma mensagem subliminar à pessoa que recebe o miminho (ahahahha eu sei que sou má!). Este ano, como deixei as coisas para a última da hora, resolvi fazer a minha Wish-List na minha loja de perdição – a Flying Tiger!

Os poupadinhos/sovinas

Todas as empresas têm pelo menos um. São aqueles que vão de marmita mesmo ao jantar de Natal, ou se não levarem a dita, pergunta ao empregado se pode fazer o desconto da diária (que só é aplicado ao almoço). São obcecados com vales de desconto, e todos os cêntimos contam. Vivem sobretudo para sobreviver e acham que o seu “investimento de futuro” é um PPR – pois, claro, na reforma é que se aproveita a vida – entre o lar de dia e as novelas brasileiras à noite. Para estes eu recomendo, está claro:

Foliões, ou como eu lhes chamo, “os fins da picada”

É por estes colegas que vale a pena acordar diariamente às 6h, apanhar um comboio, um metro e mesmo assim chegar tarde ao trabalho. Eles animam a malta com as suas piadas sem piada nenhuma. São aqueles seres que se for preciso passam todo o santo dia a andar de departamento em departamento para fingir que andaram muito atarefados. Entram nas empresas sobretudo por cunhas e como passam o dia lá fora mas cá dentro, a secretária dele está impecavelmente arrumada. E a seleção é….. (suspense pf!)

Solteiro/a, sem filhos mas sempre, sempre sem tempo (e atrasado!)

Podem achar que sou tendenciosa e até pensar que estou a menosprezar grande parte da sociedade jovem, mas acreditem pessoal, quem não tem filhos – TEM TEMPO (pelos menos para ir ao WC sozinho e fazer aquele joguito de cima sem que uma alminha super fofa mas igualmente irritante lhe pergunte o que está a fazer – como se não fosse evidente!). Whatever… estas pessoas solteiras, sem filhos normalmente seguem o in, o trendy e dessas coisas que nem eu sei o nome. Normalmente é chapa ganha, chapa gasta, e para quem não conheça esta expressão, significa que a pessoa gasta todo mas todo o ordenado para acompanhar a movida cosmopolita: jantaradas, saídas, eventos. Portanto, para esta situação recomendo isto (não é que perceba muito, mas tentei!)

Apaixonados, Românticos e Melosos (mas não tem relação fixa nem volátil)

Este não vou fazer qualquer tipo de comentário para esta categoria porque ia ser má, e eu respeito os sentimentos das outras pessoas. Com muito love, as minhas sugestões são:

Os “não saio muito de casa”

Ok. Apanharam-me, eu estou nesta categoria. Não saio muito de casa porque está frio, normalmente tenho comigo quem gosto e sobretudo porque o orçamento com duas crianças não estica. (eu não disse no início do artigo que me ia confessar?) Portanto, arranjo brincadeiras com as crianças, meto um filmezinho a rolar e….. adormeço no sofá. Vida de rei. Para este tipo de pessoas (EU!!) recomendo:

Último apontamento: Não participo nos jantares da Casa do Benfica nem tenho conhecimento de qualquer clube de tricõ aqui perto. Foi só para explicar o ponto de vista.

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.