[um livro à quarta] Alimentação Ecológica

IMG_4731.JPG

Este foi um dos meus livros das férias. Nunca pensei que um livro tão pequeno (em tamanho!) me pudesse transmitir tanto. Não, este livro não é sobre vegetarianismo até porque aconselha um bom bife. Este livro é daqueles que nos fazem pensar. E eu gosto de pensar (e depois não durmo!).

Já pensaram que temos todo o ano uma variedade muito grande, diria quase exagerada de produtos? Todos os dias temos frutas, por exemplo, que nem sequer sabemos qual é a sua época de maturação, nem tão pouco como, onde e por que processos passam até chegar até nós.

Já não vemos as maçãs com “bicho” nem as laranjas com terra. O mundo mudou e o que antigamente a terra “dava” era o que se comia; agora, o que artificialmente produzimos ou geneticamente modificamos é o que se come. Mas se por um lado isso é mau, por outro também é bom, pois podemos ter alimentos variados durante o ano inteiro e até numa escala global deixar de existir fome. Claro que quem nos segue desde início, sabe que eu sou uma eterna sonhadora e que acredito na humanização da humanidade. (caramba, que esta agora até saiu bem!); quem não segue e viu este post por acaso: fica a saber! 😛

Mas voltando ao nosso livro: O autor Ciro Vestita, pediatra de formação (estão a ver como tinha canalha ao barulho!!?) para além de toda a explicação sobre os melhores alimentos para consumirmos em diversas fases da nossa vida, conta com especialistas da medicina e da diatética para alguns artigos sobre a nossa alimentação. Chocou-me particularmente o texto sobre crianças e açúcar. (POR FAVOR, não deixem o vosso filho estar constantemente a comer porcarias!)

No final, adoça-nos com umas dezenas de receitas que deixam-nos a babar.

PVP: 12,61€

Editora: Editorial Presença

[Quem for do Porto e quiser consultar o livro, está disponível na Biblioteca Almeida Garrett]

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.