[farmácia] Doses de fármacos para crianças

O que deve mesmo saber sobre dosear os fármacos para o seu filho.

É muito importante ter em consideração sempre o peso da criança. Normalmente quando são pequenos sabemos sempre muito bem o seu peso mas quando são mais crescidos nem sempre sabemos qual o seu peso exato. Se não souber pode sempre pesar na balança. Se ele não parar quieto na balança faça por diferença de peso: primeiro pesa-se o adulto e depois o adulto com a criança ao colo e faz-se a diferença.

child-221069_960_720

Repare que uma criança de 10 anos pode ter o peso ainda de criança mas também pode ter o peso de um adulto dependendo da sua constituição. Por isso é muito relevante que quando administra um fármaco ao seu filho tenha em atenção o seu peso e não só a sua idade.

Aliás os fármacos estão doseados para peso e não para idade. Mesmo os de adulto. Contudo para adulto é feita uma média porque normalmente a diferença de peso não é extremamente grande. Isto explica o porquê de algumas pessoas tomarem apenas 1 comprido para sentirem logo o efeito e existir outras que precisam de dois. Contudo este doseamento também tem que ver com outras questões como o metabolismo entre outras coisas.

As crianças não são pequenos adultos. É errado pensar-se que metade de um comprimido de adulto é a medicação certa. Por exemplo, as funções hepática e renal sofrem alterações com a idade. Por norma, quanto mais nova for a criança, menos capacidade tem para metabolizar e expulsar substâncias.

  • Administrar uma quantidade insuficiente compromete a eficácia do medicamento.

  • Uma dose excessiva pode provocar sintomas como dores abdominais, náuseas e vómitos.

Para evitar subdosagem ou sobredosagem é recomendado por pediatras a troca de medidas caseiras, como colheres, copos medidores, disponíveis em alguns medicamentos, pela seringa, que é a forma mais precisa para administrar as substâncias.

Outro problema prende-se com a forma farmacêutica. Se temos um pré-adolescente já com peso de adulto mas que se recusa a tomar comprimidos pode optar por pedir o fármaco em saquetas para diluir em água. Acaba por tomar a dose certa para o seu peso e não precisa de tomar imensa quantidade de xarope. Para além disso começa a adaptar-se a essa nova forma farmacêutica e depois será mais um passo para se adaptar aos comprimidos.

Existe um simulador bastante interessante para simular a dose se paracetamol e ibuprofeno para o seu filho com base no seu peso. Veja aqui: Para os cálculos do simulador, recorreram aos dados de 2016 do INFARMED, I. P., sobre os medicamentos disponíveis e as suas dosagens.

Já sabe que estou disponível para qualquer esclarecimento adicional ao artigo. Aqui. 

medic-708121_960_720.jpg

Este artigo tem 0 comentários
  1. […] Para saber mais pode ver aqui neste artigo. […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.