|a verdadeira gestação|

 

Se está grávida, esqueça tudo o que lhe disseram acerca da gestação. Não são apenas 40 semanas (ou vulgarmente, 9 meses!). Esses são os mais calmos meses da verdadeira gestação.

A primeira gravidez é um stress. Mesmo eu – que sou desprendida de todo o stress do mundo e que a 10 horas da indução programada do meu parto andava a passear no NorteShopping e a comer BigMac’s – achei que a primeira gravidez foi um stress.

Bem, como é uma coisa nova, inundamo-nos de livros, opiniões, teses e até alguns mitos sobre tudo-e-mais-alguma-coisa. É normal. Mas tudo corre bem.

A criança nasce. Aí o mundo desaba. Não no sentido negativo, mas no positivo. A partir daquele momento, tudo o resto, excluindo aquele bebé, é secundário. Aí começa a exogestação – a gestação mais complicada, e, por norma, são apenas três meses.

Esqueçam. Não há come e dorme, por muito bonzinho que seja o bebé! E se alguém disser que nos primeiros três meses do bebé que ele dormiu todas as noites, a noite toda (8h) mente com todos os dentes da boca!

É a fase mais desgastante para uma mãe. A pressão com a amamentação (ou a não amamentação), o descontrolo hormonal, o descontrolo emocional e as necessidades básicas e essenciais de um recém nascido mexem connosco duma forma que o choro é mesmo a melhor forma de reagir. Isso e usar o pai da criança como o culpado de todos os males: “Foste tu que provocaste isto!”. E até, em certa medida, temos razão 😀

O que me salvou foi mesmo a paz. Passava algum tempo sozinha com os meus bebés. Em contacto pele com pele. (Ambos nasceram em tempo quente) A amamentação foi sempre em livre demanda e tive muita sorte na ausência das cólicas. Vivi 3 meses para eles. Não me interessava se tinha roupa para passar ou cozinha para arrumar. Isso esperava. E assim passamos a exogestação.

 

 

af8c0290b9e0bdcb5098da1275e3d4ba5b6a9f73c7a7955570c6ee2afc489ca8

a minha gestação completa 😀 (C) TinytoesFacebook

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.