|o primeiro ano de toda a felicidade|

album.jpg

Este novo mundo tecnológico veio para ficar e, com ele veio a era digital e as milhares de fotografias dos miúdos. Então do primeiro filho, acho que cresce o número substancialmente em relação ao segundo. Não é por desleixo ou desamor é mesmo porque os trabalhos dobraram, as preocupações aumentaram e sobretudo, o tempo para essas coisas diminuiu. No entanto, é importante que o mais novo não fique esquecido. Aqui em casa, no que diz respeito as fotografias do irmão mais novo, o M não ficou prejudicado, pois como acompanhei o seu primeiro ano de vida sozinha (o pai ia trabalhar e o irmão ia para o colégio) conseguia tirar-lhe muitas. Quando estamos em casa todos, é rara a fotografia individualizada. Eles estão sempre agarrados. Ou a brigarem. É próprio, dizem.

Eu gosto de sentir as fotografias impressas e aquilo que guardo no coração é o album de bebé que a minha mãe fez para mim. Ainda hoje, com regularidade, olho para ele (para ver que os meus filhos são super parecidos comigo :D).

Escolhi, então o álbum da Chicco para o P. Passado uns meses (ainda grávida) comprei para o M. O primeiro ano de felicidade.

 album.1.jpg

Uma ótima sugestão de presente para uma amiga grávida ou recém-mamã. Tem imensas coisas giras como o bolso para as ecografias:

album.2.jpg

Uma página para as ”impressões digitais”

album.4.jpg

(esta fiz ainda com ele na maternidade)

E tantas outras temáticas como o primeiro natal, o primeiro corte de cabelo, o primeiro docinho, a primeira papa, as primeiras férias, etc…

Decidi colar as fotografias com washi tape para dar um toque mais bonitinho

album.3.jpg

bilhete colado com washi tape

 

(uma provocação para a Mónica – que é do Sporting!)

Preço: 19,95€

Onde encontro: Em qualquer loja física Chicco ou loja online- há versão azul e cor-de-rosa

Artigo por Bea

Mulher, mãe de dois rapazes, apaixonada por flamingos e completamente chocoholic. Adora ler, dançar, comer e experimentar coisas novas.

Este artigo tem 6 comentários
  1. Anónimo diz:

    ohhhh yeahhh boa escolha em todos os sentidos 😉

  2. Mónica diz:

    Malvada!! Eu não compactuo com blogs encarnados 😉

  3. Sónia diz:

    Eu também sou toda analógica 😛 Não há digital que me convença nestas coisas. Quando o meu menino nasceu há dois meses deram-me um álbum e bem já está quase cheio, quero ter pelo menos as fotografias do primeiro ano assim para ver a evolução. As fotografias digitais têm algo fantástico que é podermos tirar milhares e escolhermos as melhores, mas não há nada como as ter guardadas nos antigos albuns.

    Mas já me disseram que não se usa, disseram-me “Já ninguém faz isso”, mas pelos vistos ainda há quem pense como eu 😀

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.